Os vilões de se trabalhar em casa

Estava aqui no escritório e estava pensando como seria bom se hoje eu estivesse trabalhando em casa...
Mas de repente me dei por conta, que seu fosse trabalhar hoje em casa o serviço não ia render... eu ia ficar tão estressada quanto estou aqui no escritório... então parei para pensar no eu estaria enfrentando em casa...
Os vilões...


O primeiro deles seria a cama... ela fica atrás da minha mesa onde trabalho... para piorar meu escritório é integrado com o quarto... ela (a cama) fica me olhando e me chamando... "vem Juliana... seus olhos estão pesados, parecem que tem areia... vem descansar um pouco... dez minutos não vão fazer diferença no seu trabalho, pelo contrário vai te renovar..." e se você cai na conversa dela, esquece os dez minutos viram duas horas, e o que é pior ainda você levanta com mais preguiça e raiva...
O outro é a ansiedade... que resulta em quê??? Assalto à geladeira... claro que só pode dar nisso... você levanta da cadeira de dez em dez minutos e vai até a cozinha, lá você abre a geladeira como se tivesse procurando algo maravilhoso, mas para variar você não encontra nada, e o pior ainda, é que você já sabe que não tem nada de mate sua vontade de comer algo na geladeira, mas mesmo assim você levanta novamente como se milagrosamente pudesse aparecer algo para matar a sua vontade de comer... só que o que é? nem você mesmo sabe o que você está procurando...
Como boa gaúcha, para tentar evitar essa ansiedade faço o chimarrão... e dele água quente no estomago... resulta no quê? ida de no mínimo dez vezes ao banheiro colocar toda a água que você bebeu para fora...
Ai vem o telefone... nunca vi um telefone tocar mais do que em casa... socorro... ele toca, e é propaganda da Oi, depois da Claro, depois da Sky e assim por diante... aff
Ah sem falar na coitadinha da minha mãe... que pensa que eu estando em casa ela pode contar o dia todo dela, em etapas, para mim... e não só aquele resumão à noite...
Resumindo trabalhar em casa não rende muito, ou quase nada... mas mesmo assim não ter que enfrentar esse transito maldito todos os dias seria muito melhor!

PS.: trabalhar de pijama faz parte hehehe

Trabalhando com curvas de nível ou arquivo em 3D no Auto Cad... dor de cabeça certa!!

Estava trabalhando no Auto CAD, quando me deparo com uns arquivos que cada vez que eu tirava a medida de um ambiente ele vinha com o tamanho diferente... era uma planta baixa... o que poderia estar dando errado... o pessoal que me passou o arquivo para trabalhar tinha me dado "100% de certeza" que o arquivo não tinha problema... coloquei minha cabeça pra funcionar, mas não achei o problema na hora... quando terminei a planta, "meia-boca", pensei comigo, vou começar a levantar um 3D no Sket para ver como está ficando... pra minha surpresa quando importei a planta no sket fiquei louca!!! Tava tudo em 3D... mas não como eu gostaria, tinha linhas em 2D, móveis que pareciam mais paredes do que móveis... que terror e agora o que fazer... fui olhar os arquivos padrões que havia recebido e como imaginei estavam todos fora de eixo... tudo em 3D, mas sem nenhuma necessidade... como minha colega falou no mínimo foi o estagiário... hehehe coitadinho, sempre é o "burro de carga", mas acho que não... foi inexperiência e mistura de vários programas que fizeram a caca. 
Então tá... descoberto o problema agora quero uma solução... colocar numa vista frontal, explodir, deletar, e tentar manualmente colocar tudo junto...?! Pensei eu... agora vai... colocando na vista de topo e a situação tinha piorado... aff... e lá vamos nós no não salvar alterações hehehe
Meu domínio de CAD não é lá grandes coisas... então foi para meu professor de plantão (Google... hehehe) e achei esse blog Mariana Projetista minha salvação... e lá vamos nós... fazer o passo a passo... e o que resultou... nada... pois o "estagiário" fez tudo em 3D, não explode, não tem linha em 2D.... mas fica a dica... quando estiver tudo em 2D, como curvas de nível funciona muito bem! Amei o atalho (CHANGE + P + E + 0 + ENTER) tudo no mesmo plano! Perfeito... mas o meu problema não estava resolvido...
Acabei por fim redesenhando tudo... do zero... e cuidando ao máximo para não ficar em mais de um plano.
Quando de repende me "caiu a ficha"... claro que o trabalho estava pronto pra variar, fiz pelo mais complicado... lembrei exportar como Metafile - wmf... uma dica de alguns anos de um amigo designer que fazia muito 3D e mexia como ninguém no Corel... e fiz o teste...e não é que deu certo!! Claro que quando importamos de volta para o CAD temos que colocar em escala o desenho pois ele perde a referencia, mas no mais funcionou 100% sumiram os 3D e ainda fiquei com o arquivo com todos os meus layers! Claro que descobri isso depois de ter refeito tudo, mas agora já sei... hehehe se aparecer de novo esse problema tirarei de letra!


De volta a ativa...

Nossa passei tanto tempo sem conseguir acessar o meu blog... por vários motivos... e até mesmo a minha falta de memória hehehe... mas hoje quando finalmente consegui acessar pude observar os comentários! Fiquei apaixonada! Contente é pouco! Como diz aqui no sul fiquei tri faceira... hehehe
Peço desculpas ao pessoal que comentou os post e não retornei, é que a arquiteta maluca aqui esqueceu o e-mail que usava para acessar e até descobrir que era um que eu não usava a no mínimo 2 anos foi complicado.
Mas voltei aqui para contar algumas coisas que aconteceram nesse tempo... para aqueles que leram o meu post Eu amo arquitetura mas... tenho novidades! 
Ser arquiteta ainda não deixou de ser um sonho que está se realizando... claro ainda não atingi as minhas 4 cifras bem gordas... ($$$$) mas estou indo rumo a elas, assim espero, mas muita experiência juntei nesse tempo, sai de uma empresa com carteira assinada para me aventurar projetando para uma construtora! Sonhos e promessas que pareciam que estavam se concretizando... porém nem sempre sai da maneira que se espera, a construtora faliu por má administração financeira, mas eu fiquei com a experiência... e que experiência, resolvendo problemas em cima de problemas, e novamente pagando para trabalhar, e agora até paro pra pensar, da onde saiu o dinheiro que pagava as minhas contas e a gasolina? não sei... não faço a mínima ideia, mas Jesus supriu, não deixou faltar nada... e hoje trabalhando com arquiteta autônoma, tenho visto meus maiores temores sendo meus aliados, o medo de viver sem um salário fixo junto com o aprendizado de se economizar, guardar hoje para se ter amanhã, sabe isso pra mim é uma novidade! Estou amando!
Vida de arquiteto não é fácil, cada vez que encontro um colega de profissão conversamos sobre nosso trabalho, cada um com suas queixas e seus temores, seus clientes bem humorados, outros nem tanto, uns que amam o que você apresenta para eles, outros porem se o Oscar Niemeyer revivesse e projetasse para eles, eles ainda estariam insatisfeitos...
Mas hoje para terminar meu dia, tenho a dizer para vocês que em primeiro lugar temos que aceitar quem somos, pois assim viveremos bem melhor e olhando o mundo de uma forma diferente, com olhos mais doces, onde tudo fica mais belo!
Trago novidades vou trazer mais projetos aqui e vou voltar a abastecer esse blog com muita informação! Espero que gostem!
Abraços e uma semana abençoada a cada um... ah amanhã é sexta-feira! ;)

Lugares onde paramos para pensar...

el pensador Estava eu hoje dando um conselho para um amigo, e usando aquele velho ditado: quem pensa muito não casa, pois ele disse que não dormia a noite, pois ficava pensando nas coisas que estavam acontecendo, daí ele me questionou, se eu naquele dia que eu teria dito para ele que não fiz nada de muito importante, se eu não tinha pensado demais, daí rapidamente me veio à resposta para ele, que eu não pensava muito, tentava entreter a cabeça com outras coisas para não ficar pensando na “morte da bezerra”, e ainda completei que a única hora do dia que eu parava para pensar era no banheiro. Bom não preciso nem dizer né, ele riu muito da minha cara.
Mas então durante a noite antes de dormir fui ao banheiro escovar os dentes, e adivinha, enquanto escovava os dentes e me olhava no espelho, e a minha imaginação já não me permitia visualizar a o reflexo da minha face no espelho, comecei a pensar no que eu havia dito para este amigo, e comecei a refletir, e porque não colocar isso em um post no meu blog, foi ai que surgiu todo este post que descrevo à vocês.
Sabem que cada um tem um lugar especifico que quando está nele gosta de refletir sobre as coisas da vida, eu, por exemplo, amo o banheiro, quando estou tomando banho então, é ali que se resolvem todos os problemas do mundo, na minha cabeça é claro, ali resolvo o problema da falta de água potável no planeta, a falta de energia elétrica, a poluição, a pobreza, a discriminação racial, a ética política, a saúde publica, e ai se vai, além de sonhar coisas absurdamente impossíveis, como eu casar com um Frances sendo que eu nunca fui à França, eu morar em outro país sem saber falar a língua deles, eu construir e reformular cidades no mundo inteiro, e tantas outras coisas absurdas que se eu contar vocês vão achar que eu sou mais louca do que aparento.
Ou quando vou fazer minhas necessidades, quando tenho tempo de fazê-las sem pressa, que são raras às vezes também pensar1penso, mas nem tanto.
Mas sabem acho que comecei a entender o porquê disso, talvez seja apenas uma coincidência, ou um caso a parte, mas quando estou tomando banho é um dos momentos que realmente estou só, ou seja, apenas eu e meus pensamentos, pois é uma hora em que mesmo que tentem falar com você, isso se torna muito complicado, pois o som da água caindo do chuveiro abafa qualquer ruído ou voz que possa interromper seu raciocínio. Porque mesmo às vezes quando temos tempo para ficar a sós com os nossos pensamentos, parece que sempre tem alguém para interrompê-los, ou alguma coisa, uma buzina, uma pessoa falando, um filme passando na TV, um carro de som passando, alguém que chama o vizinho, o telefone que toca, e no banho parece que não existe nada mais do que você e o chuveiro.
pensarComprovei isso agora mesmo, quando estava deitando na minha cama, pensando no post que tinha surgido à idéia no banheiro, minha mãe que já estava deitada, gritou do quarto dela uma coisa que não tinha nada a ver com o que estava pensando e desvirtuou todo o meu pensamento, mas neste caso como foi algo que me proporcionou uma experiência foi muito proveitoso, mas e quando não tem nada a ver mesmo e você já perdeu a linha de raciocínio, ela não volta mais.
Acho que por isso que algumas pessoas trocam o dia pela noite, não conseguem dormir durante a noite, é quando o silencio bate e então conseguisse ouvir os seus pensamentos e eles vão longe. Mas será que tem outros lugares bons para se pensar? Eu já tive épocas que o lugar que eu pensava era dentro do ônibus, indo ou voltando da aula, ou indo trabalhar a pé, quando eu ia a pé, às vezes chegava ao trabalho que nem via como, pois os pensamentos voavam... Mas dessa loucura toda pude ver que em cada momento da vida temos tempo e espaços diferentes para pensar, mas sempre damos um jeitinho para pensar na vida. E você qual o lugar que você gosta de colocar as idéias em ordem?

Concurso Fecomércio RS 2011

Resolvi fazer este post por descargo de consciência e um pouco de dor de cotovelo também… pois eu ia participar deste concurso, já estava tudo certo até com a inscrição paga nós estávamos, seria o primeiro concurso que participaríamos como arquitetos, Lucas, Diana e Eu, porém não foi dessa vez… Para se participar de concurso precisa de muita documentação e como não temos empresa, íamos fazer pelo escritório que o Lucas trabalha, mas infelizmente não conseguimos juntar as informações necessárias a tempo de participar, então nos remoendo de raiva fomos ver os ganhadores do concurso e segue abaixo as imagens dos projetos…

 

1º Lugar – Curitiba/PR

Responsável Técnico:  Emerson José Vidigal – V A Arquitetura

Co-Autores: Eron Danilo Costin, Fabio Henrique Faria, João Gabriel de M. R. Cordeiro

Colaboradores: Dario Corrêa Durce, Lucas Roni de Lacerda, Martin Kaufer Goic, Moacir Zancopé Junior

Consultores: Alessandro Filla Rosanelli

vista-frontal-do-edifc3adcio-administrativo-e-do-centro-de-convivc3aancias-04 

vista-do-pc3a1tio-do-centro-educacional-06 vista-ac3a9c281rea-do-complexo-01

vista-ac3a9rea-de-implantac3a7c3a3o-da-primeira-fase-02 vista-ac3a9c281rea-do-centro-educacional-e-do-centro-de-eventos-03 

vista-do-pc3a1tio-do-edifc3adcio-administrativo-05 perspectiva-interna-do-edifc3adc281cio-administrativo-07

 

2º Lugar – Porto Alegre/RS

Responsável Técnico: Gabriel Cruz Grandó – IDEIA1 Arquitetura e Planejamento

Co-Autores: Cristina Ferreira Martins, Marcos Rodrigues Laurino

Colaboradores: Camila Sanvitto, Marta Kessler, Juliana Silva, Luis Rocha, Simone Weber

Consultores: Claudia Dalligna, Giancarlo Gasparotto, Elvis Carpeggiani

 centro-administrativo-02

centro-de-eventos-03 vista-geral-01

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-2c2ba-lugar-prancha-01 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-2c2ba-lugar-prancha-02

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-2c2ba-lugar-prancha-03 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-2c2ba-lugar-prancha-04

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-2c2ba-lugar-prancha-05 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-2c2ba-lugar-prancha-06

 

3º Lugar – Porto Alegre/RS

Responsável Técnico: Tarso Carneiro – A T Arquitetura

Co-Autores: André Luiz Detanico, Maurício Ceolin Rosa, Juliana Costa Schnor, Juliana Machry Cadó, Marco Lenz Calheiros, Otavio Henrique Konig

Colaboradores: Fabiane Roncarelli Rodrigues, Karine Cardoso Damásio, Eduardo Saavedra

Consultores:Paulo Stum, André Krebs, Paulo Cezar F. Rosa

 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-05 

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-04  concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-011

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-031  concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-02

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-prancha-01 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-prancha-02

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-prancha-03 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-prancha-04

concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-prancha-05 concurso-sistema-fecomc3a9rcio-3c2ba-lugar-prancha-06

Vendo esses e pessoalmente os demais que participaram é ai que vem a dor no coração… nós tínhamos condições de pelo menos desbancar o terceiro… mas infelizmente não foi dessa vez…

 

Imagens site www.concursodeprojeto.org

 

 

 

Frases de arquitetos…

Estava olhando um site quando me deparo com esta frase do Renzo Piano:

"A arquitetura é uma profissão de serviço, porque é isso que ele é: um serviço. A arquitetura é um complexo de escritórios, porque o momento formal expressivo é um momento de síntese fertilizado por tudo o que está por trás da arquitetura, história, a sociedade, o mundo real das pessoas, suas emoções, esperanças e espera, geografia e da antropologia, o clima, a cultura de cada país está indo para o trabalho, e, novamente, ciência e arte. A arquitetura é um ofício artístico, mas, ao mesmo tempo também é uma profissão científica, esta é precisamente a sua peculiaridade."

E fui a procura de mais frases de arquitetos, pois somos artistas também!

Segue abaixo algumas:

As famosas de Le Corbusier:

Le-Corbusier"A casa é uma máquina de morar"

"A arquitetura é o jogo sábio, correto e magnífico dos volumes dispostos sob a luz."

"Eu prefiro desenhar do que falar. O desenho é mais rápido, e deixa menos espaço para mentiras."

Do nosso Oscar Niemeyer

niemeyer"De um traço nasce a arquitetura. E quando ele é bonito e cria surpresa, ela pode atingir, sendo bem conduzida, o nível superior de uma obra de arte."

 

 

 

 

 Mies Van de Rohe e suas frases curtas mas que dizem tudo!

Ludwig_Mies_van_der_Rohe"Ser bom é melhor que ser original."

"Menos é mais."

 

 

 

 

 

 E o Frank Lloyd Wright com suas manias de tudo tem que ser pensado até as maçanetas das portas!

 220px-Frank_Lloyd_Wright_portrait

"Forma segue função: isso tem sido mal interpretado. Deveriam ser um só, junto numa união espiritual."

 

 

 

 

 

 Zaha Hadid e as formas impressionantes na sua arquitetura, tudo por ser feito diferente!

g1_u42196_zaha"Acredito que as coisas podem ser feitas de outra maneira e que vale a pena tentar."

 

 

 

 

 

 Luiz Barragán as cores fortes e formas limpas!

93igSiCGyqi5kbaqE57gcK6Eo1_400"É essencial para um arquiteto saber ver de tal forma que a sua visão não seja dominada pela racionalidade."

 

 

 

 

 

 Walter Gropius e a Bauhaus, não tem como lembrar de um e não lembrar de outro….

220px-WalterGropius-1919"Minha cor preferida é o colorido!"

"A arquitetura começa onde termina a engenharia."

 

 

 

 

 

  Daniel Libeskind é novo para mim… mas concordo, mas ainda acho que não é petrificada hoje ela tem movimento!

daniel_libeskind_image_sdl091007"A arquitetura é música petrificada."

 

 

 

 

 

 

E a minha favorita que quem conhece meus projetos sabe!

”Não é a linha reta, dura e inflexível, feita pelo homem, que me atrai. O que me chama a atenção é a curva livre e sensual. A curva que encontro nas montanhas do meu país, nas margens dos seus rios, nas nuvens do céu e nas ondas do mar. O universo está cheio de curvas, um universo de Einstein.” Oscar Niemeyer

 

“As curvas trazem aos projetos a luz no fim do túnel, a humanização do espaço, pois somos todos feitos com curvas e gostamos de conviver com elas.”

Barriga de Aluguel?

Bom o que representa o termo Barriga de Aluguel para você? Coloquei no Google “O que é barriga de aluguel?” e no site Wikipédia me encaminhou para o seguinte termo: “A maternidade por substituição (também denominada gravidez por substituição, gestação por substituição ou popularmente barriga de aluguel/aluguer) é um acordo em que uma mulher aceita engravidar com o objetivo de gerar e dar à luz uma criança que será criada por outra mulher. O tal acordo recebe o nome de contrato de gestação.” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Maternidade_de_substitui%C3%A7%C3%A3o)

E o que tem a ver esse título com arquitetura? Ou com nós arquitetos? Ou então com o tema que gostaria de abranger hoje aqui?

logos

Deixe-me explicar, hoje eu participei de uma palestra feita pelo pessoal do IAB do Rio Grande do Sul, ministrada pelo arquiteto Carlos Alberto Sant'Ana presidente do IAB – RS e também membro do conselho do CREA-RS. Está bem mas e daí? O que tem a ver barriga de aluguel com o IAB? Como o CREA?

Pois é nessa palestra estávamos discutindo e tentando entender com funcionará o CAU, Conselho de Arquitetura e Urbanismo onde entre os participantes tínhamos arquitetos experiente, arquitetos recém formados (eu), professores e alunos do curso de arquitetura, até um engenheiro (Professor Barbedo) hehehe, que caiu de gaiato na palestra, mas ouviu tudo com muita atenção, e dentre os assuntos discutidos estavam normas, burocracias, que a nossa conhecida ART vai virar RRT, que não sei o que significa mas estou indo atrás para me informar, da onde surgiu a idéia de se criar o CAU, como foi a aprovação da Lei que regulamenta o mesmo, dentre tantas coisas, que até a palavra anarquista foi citada, quando um arquiteto Espanhol, que não sei o nome, mencionou que achava a questão do voto obrigatório para a escolha dos membros do conselho uma coisa anti-democrata, o que gerou um pequeno atrito interessante, para quem estava ali como uma ouvinte atenta e tentando não perder nenhum detalhe daquela discussão.

Porque criar o CAU? Teríamos inúmeras respostas para esta pergunta, mas quem sabe, hoje tive uma que não foi a dita pelo palestrante Sant’Ana, mas sim um fato que presenciei: uma arquiteta que parecia ser formada a alguns anos falar em público que arquiteto não pode projetar mais de quatro pavimentos sem um aval de um engenheiro civil!! Em que mundo ela vive? No mundo dos arquitetos que são menosprezados dentro de um conselho que não é só seu, onde somos uma pequena quantidade perto de tantas outras profissões que o CREA e CONFEA regularizam, esse é um dos motivos no qual temos que ter um conselho próprio, até mesmo para esclarecer incógnitas que hoje estão encobertas.

Claro que não é só isso, concordo plenamente com o Professor Cristian Illanes quando ele disse que o CAU deve ir além de leis e burocracia, mas tem que valorizar e abrir o mundo dos arquitetos.

Fiquei surpresa em saber que apenas os arquitetos vão fazer parte desse conselho, que Designers, técnicos em edificações e afins vão permanecer no CREA ou em outros órgãos que os regularize, na minha opinião, isso poderia ser revisto, ou então que me perdoem essas profissões, que fossem extinguidos e lançados como especializações de arquitetos, mas como sou apenas uma voz na multidão…

Teria assunto para discutir sobre o CAU x CREA x CONFEA mais uns vinte parágrafos no mínimo, mas fico por aqui hoje.

Ah e a Barriga de Aluguel fica aonde? No final da palestra saímos eu e mais alguns colegas que se formaram junto comigo e de repente um deles me larga essa: “O CREA é como se fosse uma Barriga de Alguel para os arquitetos!” O que vocês acham será que é mesmo?